Quando criança, vi que o afeto em nossa família passava pela cozinha: bolos fofíssimos assados na hora, pastiera di grano, espumone...mas a idéia de abrir uma mini confeitaria nasceu depois de muitos anos, quando vi minha tia preparando trufas de chocolate. Nesse dia, optei por me dedicar ao mundo dos sabores, depois de 22 anos como executiva de marketing. Acredito que docilidade gera docilidade e assim, sigo testando receitas em nossa cozinha, com ingredientes frescos e sem conservantes. Meu desejo? #maissaborporfavor